Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
was successfully added to your cart.

Carrinho

O que é e para que serve o sistema ERP?

By | ERP, POSSEIDOM

ERP integra todos os setores da empresa e pode ser um mecanismo lucrativo. Veja como.

Entenda porque mais empresas vem utilizando o sistema ERP.

O Enterprise Resource Planning (do português Planejamento dos Recursos da Empresa), conhecido como ERP, é um sistema informático que busca integrar a gestão empresarial. Ele oferece inúmeros recursos, como controle de estoque, ordens e folhas de pagamentos para funcionários, balanço contábil, faturamentos, fluxo de caixa, entre inúmeros fatores. Geralmente apresentado como um software, é um dos principais programas utilizados pelas empresas em todo o mundo para gerenciar suas organizações.

Ele atua fazendo processos que as pessoas levariam horas para cumprir, contribuindo para inúmeros setores: contabilidade, administração, operações, vendas, comercial e até mesmo social media. Isto porque ele pode ser acessado por todos os colaboradores, inclusive de forma remota, possibilitando a integração de tudo que acontece na empresa. Em resumo, é aquele chefe que sabe de tudo, mas não dá ordens.

Geralmente é dividido em três ‘camadas’: a aplicação, onde há o preenchimento de dados de todas as informações a serem integradas pela empresa; o banco de dados, que extrai todas as informações colocadas na aplicação e transforma isto em, basicamente, uma central de pesquisa de informação; e o processamento, que ditará como será gerido o próprio programa, ou seja, adaptando-o a melhor maneira de interesse dos gestores.

O maior destaque fica por conta da flexibilidade dos processos. Por exemplo, você pode implementar o ERP nos setores de administração e vendas. Cada um terá uma plataforma de acordo com sua função. O vendedor poderá cadastrar os produtos vendidos através do seu sistema. Com o ERP, a administração tem acesso a esses dados, permitindo que os processos sejam muito mais dinâmicos.

Este sistema também contribui no controle de gastos e análise espacial das contas da empresa. Primeiro, ele aponta onde a organização está despendendo mais dinheiro; na sequência, aponta quais produtos estão gerando uma lucratividade percentual maior; por fim, eles são colocados lado a lado, podendo ser possível a análise de indicadores como a margem de contribuição de uma empresa.

Outro fator primordial é que o estoque fica muito mais dinâmico com o ERP. Ele permite um controle efetivo, não deixando que os produtos se percam ou passem do prazo de vendas, trazendo prejuízos para a empresa. Neste mesmo ponto, ele diminui a incidência de erros, pois o controle é feito automaticamente pelo programa.

Este software que une tecnologia, comodidade e praticidade é a nova forma das empresas encararem as gestões empresariais. Um grande número de pessoas para fazer a análise e controle dos números organizacionais já não é mais necessário com o ERP. Isto ajuda para que a empresa otimize seus ganhos, utilize melhor seu espaço físico e possa crescer de acordo com o que o sistema aponta. Simples, não?

Conheça o ERP Posseidom
Sabendo das vantagens do ERP, é o momento de procurar um software que se encaixe nas suas necessidades. Para isso, é importante contratar um serviço de quem entende do assunto. E a DP Sistemas, há mais de 30 anos no mercado, tem o sistema ideal para você: o ERP Posseidom.

Sua dinâmica oferece inúmeras funções: ordem de serviço, gestão de contratos e nota fiscal de serviço (NFS-e); compras, vendas e estoque; receitas, despesas, caixa, banco, contas a pagar e receber; livros fiscais; contabilidade; automação, força de vendas, crédito/fidelização/frota; entre outras. Conheça nosso produto e comprove: a eficácia de uma empresa passa pelo ERP.

Software de gestão nas nuvens

By | Nuvem

Assim como aconteceu na área pessoal, agora acontece o lado empresarial, mas afinal o que uma empresa ganha ao colocar na nuvem as informações da empresa ? O principal ponto é a liberdade de acessar as informações de qualquer local dentro e fora da empresa.

Segurança das informações é tão ou mais forte do que  em servidores dentro da empresa os acessos são controlados através de senhas e sempre podem existir restrições quanto a origem deste acesso.

Outro ponto muito importante da Computação nas nuvens é a escalabilidade, ou seja a capacidade aumentar de capacidade de processamento conforme a necessidade.

Assim como os grandes serviços de armazenamento ganharam a confiança, agora a DP Sistemas começa a mostrar sua eficiência hospedando as aplicações e os dados nas nuvens.

Quer saber mais :  https://goo.gl/FtzuOv

Por Sam Johnston – http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/b/b5/Cloud_computing.svg, CC BY-SA 3.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=28083204

SPED REINF

By | SPED

A DP Sistemas já esta trabalhado no desenvolvimento do módulo SPED-REINF, este será obrigatório a partir de Janeiro/2018.

O que é este SPED REINF?

A Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais EFD-Reinf é um dos módulos do Sistema Público de Escrituração Digital – SPED, a ser utilizado pelas pessoas jurídicas e físicas, em complemento ao Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas – eSocial.
Tem por objeto a escrituração de rendimentos pagos e retenções de Imposto de Renda, Contribuição Social do contribuinte exceto aquelas relacionadas ao trabalho e informações sobre a receita bruta para a apuração das contribuições previdenciárias substituídas. Substituirá, portanto, o módulo da EFD-Contribuições que apura a Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta (CPRB).
A EFD-Reinf junto ao eSocial, após o início de sua obrigatoriedade, abre espaço para substituição de informações solicitadas em outras obrigações acessórias, tais como a GFIP, a DIRF e também obrigações acessórias instituídas por outros órgãos de governo como a RAIS e o CAGED.
Esta escrituração está modularizada por eventos de informações, contemplando a possibilidade de múltiplas transmissões em períodos distintos, de acordo com a obrigatoriedade legal.
Dentre as informações prestadas através da EFD-Reinf, destacam-se aquelas associadas:
  • aos serviços tomados/prestados mediante cessão de mão de obra ou empreitada;
  • às retenções na fonte (IR, CSLL, COFINS, PIS/PASEP) incidentes sobre os pagamentos diversos efetuados a pessoas físicas e jurídicas;
  • aos recursos recebidos por / repassados para associação desportiva que mantenha equipe de futebol profissional;
  • à comercialização da produção e à apuração da contribuição previdenciária substituída pelas agroindústrias e demais produtores rurais pessoa jurídica;
  • às empresas que se sujeitam à CPRB (cf. Lei 12.546/2011);
  • às entidades promotoras de evento que envolva associação desportiva que mantenha clube de futebol profissional.

mais informações: http://sped.rfb.gov.br/projeto/show/1196

Caso tenha algum outro sistema implantado na sua empresa, existe a possibilidade de importação para aproveitamento dos dados ?

By | FAQ

O cliente também poderá importar todo o cadastro de produtos e serviços. Primeiramente faríamos uma avaliação da linguagem de banco existente no sistema atual, atribuiremos um levantamento do custo de importação e utilizaremos uma ferramenta, a partir dos dados disponibilizados por sistemas de terceiros ou fontes de dados, e dentro de um escopo definido pelo processo de migração, com a função de relacionar os dados de origem a sua entidade correspondente no banco de dados. Finalizando este processo, faremos um acompanhamento na conferência dos dados importados.

Por que devo utilizar o ERP WEB Posseidom ?

By | Sem categoria

Através deste sistema o usuário terá uma visão administrativa mais ampla que contará com acesso ao cadastro de clientes, produtos, fornecedores, vendedores, cartão fidelidade, relatórios, financeiro, caixa, entrada de notas através de arquivos XML emitidos pelos fornecedores, Tesouraria e outras funcionalidades a mais especificadas nas telas seguintes. Via de regra podemos apontar como vantagens que o Posseidom possui:

  • Ajudar na comunicação interna;
  • Agilizar a execução de processos internos;
  • Diminuir a quantidade de processos internos;
  • Evitar erros humanos – em cálculos de tributos e pagamentos, por exemplo;
  • Ajudar na tomada de decisões;
  • Auxiliar na elaboração de estratégias operacionais;
  • Agilizar a obtenção de dados referentes a determinados cenários;
  • Diminuir o tempo de entrega do produto ou serviço ao cliente;
  • Ajudar a lidar com grandes volumes de informação;
  • Evitar trabalho duplicado;
  • Fazer com que a empresa se adapte melhor a mudanças no mercado e na legislação.

NFC – CSOSN

By | Financeiro

Ao gerar NFC observar que os servidores da receita federal estão aceitando somente:

  • 102 – Tributada pelo Simples Nacional sem permissão de crédito
  • 300 – Imune
  • 500 – ICMS cobrado anteriormente por substituição tributária (substituído) ou por antecipação.

quaisquer outras formas de tributação o servidor nao responde claramente o erro, só avisa que a Nota Fiscal não consta.

Solicitar Orçamento
[contact-form-7 404 "Não encontrado"]
×