Tag

Arquivos posseidom - DP Sistemas

Como Resolver problemas no meu Estoque?

By | ERP, estoque, POSSEIDOM

É um fato: toda empresa já passou, passa ou irá passar por problemas no estoque, sejam reconhecidos ou não. E, acredite, as opções do que pode dar errado são vastas.

De qualquer forma, esses problemas representam um só caminho: desperdício. O que torna a operação ainda maior, mais complexa e mais cara do que o necessário.

Por isso, elaboramos as principais dicas de como resolver problemas no seu estoque. Dessa forma, você descobrirá como não cair em certas armadilhas. Confira.

1. Determine o valor para cada área

Para começar, é fundamental medir o excesso do estoque, conforme os números de semanas e/ou meses e determinar o valor de cada categoria.

2. Use bons fornecedores

Pode parecer uma dica simples e até óbvia, mas acredite, esse é um problema recorrente.

Encontrar um bom fornecedor é fundamental para estabelecer o equilíbrio. Ademais, você pode pesquisar na internet sobre opiniões verdadeiras acerca de cada fornecedor que você deseja contemplar na sua empresa.

Além disso, se o fornecedor não estiver alinhado com seu padrão de qualidade e apresentar problemas de entrega, que afetem a manutenção do estoque, não pense duas vezes antes de abrir mão.

3. Elabore uma solução de curto prazo

Parece simples elaborar uma solução em curto prazo, entretanto, a parte mais difícil é pôr em prática.

Por isso, é preciso estar disposto a realizar os esforços necessários para sanar alguns problemas imediatamente.

4. Elabore uma solução de longo prazo

Ainda que você tenha sanado boa parte dos problemas, eles continuarão a aparecer se você não elaborar uma estratégia consistente de longo prazo.

Por isso, é essencial definir as causas com um todo, em vez de em doses paliativas. Além disso, implementar essas soluções pode envolver mudanças significativas no modelo de negócio atual.

Contudo, em outros casos mais simples, as soluções podem ser relativamente mais fáceis de implementar.

Mas, vale ressaltar que o pilar principal de um bom gerenciamento de estoque é a eficiência econômica.

4. Utilize processos de automação

Como resolver problemas no meu estoque? Esse tópico é a chave para solucionar boa parte das suas dores de cabeça.

Muitas empresas ainda estão presas ao modelo antigo de gerenciamento de estoque, que consiste em planilhas do Excel.

Entretanto, as empresas que não automatizam seus processos tendem a enfraquecer suas possibilidades e complicar seus processos, sem necessidade, vale ressaltar.

Afinal, o processo é obsoleto, demorado e está sujeito a erros humanos.

Por isso, confira os principais benefícios de automatizar os sistemas do seu estoque:

• A automação permite que os funcionários monitorem pedidos, devoluções, trocas e remessas de todos os itens. Tudo isso em tempo real;

• A automação também facilita processos diários, como gerar códigos de barra, faturas, entre outros;

• A automação permite, ainda, você padronizar o gerenciamento do inventário em grande escala;

• A automação também facilita o processo de decisões, afinal, fornece conhecimento empresarial, por meio de informações detalhadas sobre o negócio.

E essa são só algumas das vantagens que a automação pode fazer. O sistema ERP, por exemplo, é um ótimo candidato, já que integra todos os dados de uma organização em um único sistema.

Ficou interessado pelas dicas? Saiba que nós oferecemos soluções personalizadas de automação por meio do sistema ERP. Portanto, não perca tempo e entre em contato conosco.

Referências:

O que é sistema ERP?

Gestão de estoque automatizado: conheça as principais vantagens

https://www.primaseller.com/blog/common-inventory-problems/

The 9 steps you need to solve your inventory problems

5 Steps to Solving the Out-of-Stock Problem 

Como um ERP nas nuvens pode me auxiliar?

By | ERP, Nuvem, POSSEIDOM

Um sistema ERP é fundamental para a boa gestão de uma empresa que queira se destacar entre as demais em um mercado tão competitivo. Porém, um detalhe importante deve ser levado em conta na hora de adquirir esta ferramenta, onde armazená-la?

Atualmente, a tecnologia de armazenamento em nuvem é cada vez mais comum em pequenas, médias e grandes empresas e traz muitas vantagens para quem a escolhe.

Quais os benefícios de usar um ERP em nuvem?

O ERP é um software de gestão que integra vários dados e funcionalidades dentro da empresa e ajuda a otimizar o negócio. Ao utilizar o ERP na nuvem, as informações ficam disponibilizadas em um servidor online e podem ser acessados a qualquer hora e lugar, desde que tenha acesso à Internet.

Além disso, os dados têm mais segurança em um ambiente digital, já que passam por backups periódicos feitos por profissionais especializados em TI.

O ERP em nuvem possui uma implementação muito mais rápida, podendo ser feita em poucos dias, enquanto o modelo tradicional, por ser mais complexo, pode demorar até meses. Por conta disso, os custos iniciais são muito mais baixos e o empresário pode montar um pacote flexível, apenas com as funcionalidades que ele desejar, pois o sistema é modular.

Dessa forma, sabe exatamente o valor da mensalidade, o que possibilita um planejamento financeiro muito mais eficiente.

Mais economia

A ausência de infraestrutura é outra vantagem do ERP em nuvem. Um sistema convencional precisa de um espaço físico para colocar:

  • Máquinas;
  • Computadores;
  • Servidores;
  • E outros aparelhos necessários.

Todo esse equipamento precisa de manutenção periódica, atualização e uma equipe de funcionários especializada para operá-los, além de um maior consumo de energia, o que só aumenta os gastos.

Ao optar pela gestão web, esses e outros serviços já estão incluídos no valor da mensalidade, que ainda conta com uma área de suporte qualificada para atender com excelência e tirar todas as dúvidas sobre o programa.

Mais dinamismo

A possibilidade de acessar remotamente o sistema é uma necessidade para o empresário moderno. Mesmo fora da empresa, ele ou qualquer outro empregado que estiver habilitado pode consultar informações, coletar números e tomar decisões importantes para o fechamento de um negócio, por exemplo.

Outra facilidade para a empresa é oferecer o modelo de trabalho home-office, uma prática cada vez mais comum hoje em dia, que traz mais comodidade aos funcionários e reduz os custos para o patrão.

O modelo em nuvem é ideal também para grandes corporações que possuem diversas filiais e precisam de uma gestão totalmente integrada, padronizadas e com informações constantemente atualizadas.

Os clientes também ganham

O software hospedado em nuvem é bom também para o seu cliente. Com a gestão integrada e a possibilidade do acesso em qualquer lugar, até mesmo por dispositivos móveis, os processos tornam-se mais ágeis e mais bem controlados.

O sistema tem a capacidade de gerar relatórios para todas as áreas do negócio, dando a possibilidade ao gestor de identificar eventuais problemas e corrigi-los para a satisfação total do cliente.

Acesso as informações da empresa em qualquer lugar e hora!

By | gestao, POSSEIDOM

Em um mercado cada vez mais competitivo, é muito importante que as empresas implementem uma gestão otimizada e que envolva tecnologia de ponta para acessar as informações e os dados em qualquer lugar e em qualquer hora. Para cumprir esta tarefa, nada é mais eficaz do que um ERP de gestão empresarial.

ERP ou Enterprise Resource Planning não apenas facilita a gestão de uma empresa, como protege os seus dados, além de auxiliar no planejamento financeiro, e também no controle de caixa, entre várias outras vantagens.

Benefícios de um ERP de gestão empresarial

Para além da comodidade, um software de gestão de empresas permite reduzir custos e evitar o desperdício de produtos e materiais em geral. É possível, ainda, diminuir custos com mão de obra e eliminar a possibilidade de erros numéricos ou de contabilidade.

Isso também permite o aumento de produtividade da empresa, à medida que todos os processos realizados passam a ser otimizados e contabilizados de forma eficiente e automatizada.

É possível também, por meio do ERP, realizar a integração entre departamentos, o que faz a logística não se tornar confusa ou complicada. Até porque, é essencial que o setor financeiro conheça e tenha acesso aos dados referentes às vendas. Isso facilita todo o processo e faz você ganhar tempo e dinheiro.

Fora todas estas vantagens, a empresa ganha mais agilidade e mais segurança, o que também colabora e conta pontos para o sistema de compliance e outros. Confira abaixo, mais benefícios do software de gestão:

  • Redução do prazo de entrega de produtos e serviços;
  • Eficiência nos processos de suprimentos;
  • Personalização completa;
  • Relatórios e planejamento aprimorados;
  • Melhoria da gestão tributária;
  • Segurança da informação;
  • Melhoria na competitividade;
  • Otimização dos custos de TI;
  • Maior transparência;
  • Segurança de dados;
  • Melhor colaboração e fluxos de trabalho;
  • Maior escalabilidade.

Comodidade é tudo!

Os modelos de gestão não são bem uma novidade no mercado. Mas, com a expansão da tecnologia, é possível nos dias de hoje, mais do que nunca, contar com comodidade no momento de gerir o seu negócio. Isso tudo, sem dor de cabeça.

Por essa razão, é muito importante encontrar no mercado uma empresa séria e de reputação comprovada que permite que o empreendedor consiga checar todas as informações e dados do seu negócio em qualquer lugar e hora, seja por meio de computadores ou por meio de aparelhos celulares.

Nem sempre você ou os seus colaboradores estarão no local do negócio. Além disso, nunca se sabe quando será necessário recorrer a alguma informação sobre o negócio. Contar com o conforto de ter em mãos praticamente toda a gestão de uma empresa é um diferencial para quem quer se destacar.

Ficou interessado? Somos uma empresa que presta serviços em implantação, suporte e manutenção em sistemas ERP desenvolvidos e comercializados por nós. Contamos com uma linguagem moderna e com um sistema integrado e modular.

Independentemente do tamanho da empresa, temos a melhor plataforma e uma equipe de suporte qualificada para atender com excelência. Entre em contato e faça um orçamento já.

O que fazer se a internet cair num sistema ERP na Nuvem ?

By | ERP, POSSEIDOM

Para se destacar em um mercado cada vez mais competitivo, é necessário contar com um bom programa de gestão. Neste sentido, o ERP na nuvem pode ser a solução para uma empresa se destacar no ramo empresarial. Mas o que fazer se a internet cair num sistema ERP na nuvem?

Esta é uma dúvida recorrente de empresários e empreendedores que procuram por um sistema de gestão eficiente e competitivo. A pergunta surge porque a ERP na nuvem demanda acesso à internet.

Mas o que nem todo mundo sabe é que a falta de internet não afeta o armazenamento de dados neste sistema. Isso porque o backup das informações é realizado de forma periódica e garante que nenhum dado armazenado na nuvem seja perdido.

Desta forma, quando a internet cair, o recomendável é que você trate de resolver o problema rapidamente ou busque uma fonte alternativa de internet, mesmo que de outra localização.

Os dados continuarão na nuvem para serem acessados de forma remota por qualquer pessoa com acesso permitido, a qualquer hora do dia ou da noite. Caso você ainda não esteja 100% confiante e deseja evitar a todo custo perder conteúdo mais recente, ainda é possível armazenar os dados simultaneamente em servidores tradicionais, o que aumenta a garantia de disponibilidade dos dados na empresa caso a internet caia.

Se você ainda tem dúvidas sobre como funciona o ERP na Nuvem e o que este sistema tem de diferente de ERP Local, continue lendo este artigo e tire suas dúvidas de uma vez por todas.

Por que escolher um ERP na nuvem?

ERP ou Enterprise Resource Planning nada mais é do que um software capaz de integrar a gestão de todos os setores de uma empresa em um único local, oferecendo segurança e praticidade.

Há basicamente dois tipos de ERP no mercado: o ERP na nuvem e o ERP local. Este último permite o armazenamento em servidores próprios da empresa e, apesar não precisar de internet, só pode ser acessado internamente de dentro da empresa.

Já o ERP na Nuvem fica disponível online, e é necessária apenas uma conexão de internet para funcionar. Dessa forma, o empresário pode saber de tudo sobre o seu negócio no conforto de casa ou em qualquer outro lugar, fora do horário comercial.

Ainda em dúvida? Confira abaixo as principais vantagens da ERP na nuvem:

  • Acesso remoto pelo suporte
  • Backup automático
  • Capacidade de armazenamento flexível
  • Baixo custo de implantação
  • Praticidade para acessar
  • Custos previsíveis
  • Segurança de dados
  • Atualizações constantes
  • Facilidade nas atualizações

Está a fim de garantir mais segurança e conforto na gestão do seu negócio com sistema de gestão prático e muito eficiente?

Somos uma empresa que presta serviços em implantação, suporte e manutenção em sistemas ERP desenvolvidos e comercializados por nós.

Trabalhamos com uma linguagem moderna, com um sistema de gestão integrado e modular. Conseguimos desta forma atender o pequeno, médio e grande empresa. Além disso, temos uma equipe de suporte qualificada para atender com excelência.

Ficou interessado? Acesse nosso site para saber mais!

Estoque: 5 dicas para não errar na hora de controlar o da sua empresa

By | ERP, gestao, POSSEIDOM

Problemas no estoque podem ter péssimas consequências. Erros podem significar um excesso, que resulta em uma quantidade de produto parado, ou em falta, o que leva a uma correria desnecessária para reabastecer. De qualquer forma, um erro neste aspecto tão básico e importante para o sucesso de uma empresa não é aceitável. Por isso, confira 5 dicas para não errar na hora de controlar o estoque.

1 – Documente cada ação

Crie um cadastro para cada produto, ou tipo de produto, e para cada insumo. Em caso de qualquer alteração de status de algum deles, esse cadastro deve ser atualizado. Esse controle rígido é a melhor forma de manter o seu estoque balanceado e de ter as informações mais precisas possíveis.

É possível fazer essa documentação de diversas formas. A opção manual ainda é válida, mas é claro que é muito mais eficiente fazer isso de forma automática. Existem sistemas que permitem fazer esse cadastro e, conforme os produtos forem entrando no sistema, ele próprio se encarrega de fazer essa atualização. Hoje em dia, com a alta competitividade e a rotatividade de produtos, esse tipo de preocupação é praticamente uma obrigação.

2 – Verifique os números

Em qualquer processo de documentação, é sempre vital avaliar os registros. Novamente, assim como na dica anterior, isso pode ser feito de forma automática ou manual. Erros podem acontecer e a única forma de percebê-los antes que seja tarde demais é fazendo uma conferência nos números.

Você pode determinar uma frequência para fazer essa conferência geral e, diariamente, escolher um produto e fazer uma contagem bem rápida. É um investimento de tempo que pode poupar muita dor de cabeça, e até dinheiro, no futuro.

Novamente, a tecnologia mais uma vez surge para facilitar o processo e fazer isso de forma automática.

3 – Fique atento ao espaço físico

Todo o estoque fica guardado em um espaço físico e, evidentemente, um influencia no outro. Portanto, para controlar um, é preciso controlar ambos. Garanta que o seu espaço está completamente adequado para o armazenamento do produto e para as necessidades de estocagem específicas que ele possa ter.

Além disso, o espaço físico precisa estar organizado para que você consiga achar o que procura com o máximo de agilidade. Você pode etiquetar por cores, letras, números ou qualquer forma que facilite o trabalho da sua equipe.

4 – Faça o controle de compras com os fornecedores

A chegada dos produtos no seu estoque também precisa ser muito bem controlada. O ideal é saber exatamente quando cada compra vai chegar e programar o estoque para recebê-la, tanto em relação ao espaço físico como a organização e também com a forma que eles serão vendidos ou redistribuídos.

Receber compras e uma quantidade de produto muito grande, de forma recorrente, pode gerar um efeito bola de neve em que seu estoque está sempre correndo para escoar os produtos com a velocidade necessária. Essa, certamente, não é a melhor forma de trabalhar.

5 – Crie rotinas próprias

A melhor forma de controlar o estoque é criando rotinas que se encaixam melhor nas necessidades do seu produto, da sua empresa e dos seus funcionários. Os procedimentos irão determinar o que deve acontecer com cada produto, a cada interação tanto de entrada quanto de saída.

Para que isso dê certo, todas as partes da sua empresa precisam estar integradas na rotina, prontos para lidar com os problemas e as soluções conforme elas surjam.

A tecnologia oferece soluções excelentes para o controle de estoque. Com a automatização de tarefas de fiscalização e documentação, esse processo é muito mais fácil e tem ótimos resultados para a sua empresa. Garanta que seu estoque estará sempre bem cuidado!

Dicas para o planejamento financeiro da sua empresa

By | Controle Financeiro

Um bom gestor sabe profundamente como anda a situação financeira do seu negócio, uma vez que ela é a base de todas as movimentações da empresa. Todas as contratações, todas tomadas de decisão e qualquer tipo de investimento, devem estar submetidos ao planejamento financeiro. O sucesso somente é obtido quando existe uma situação saudável de capital, com o estabelecimento de metas possíveis e projeções de cenários positivos.

Para isso, conheça algumas dicas para manter o seu planejamento sempre ajustado.

Tenha os melhores profissionais consigo

Que tal começar pedindo ajuda? Por mais que o empresário tenha responsabilidade no desempenho financeiro da sua empresa, aquela área pode não ser a qual ele é expert. Por isso, contar com uma equipe de apoio pode ser um dos caminhos para ter uma administração econômica eficiente. Pessoas com formação na área e experiência que se engajam nas propostas e trabalhem motivadas pelo sucesso.

Outra possibilidade é contar com um consultor financeiro, que pode ser contrato para apresentar alguns serviços. Seus conhecimentos e estudos aprofundados e reconhecidos podem trazer inovações e as melhores resoluções para cuidar das contas, dos tributos e do caixa. Mesmo que eles representem um custo adicional a sua empresa, o resultado de seu trabalho pode gerar frutos ainda maiores.

Conheça a saúde financeira da sua empresa

Outra dica é ter um conhecimento real e agudo de toda a situação econômica de sua empresa. Conhecer cada conta, entrada e saída de dinheiro é essencial para a elaboração de um planejamento financeiro que seja relevante e eficiente. Todo detalhe conta e não devem ser passados com vistas grossas. Esta questão ainda engloba conhecer como os seus produtos e serviços se comportam no mercado, para que se possa tomar decisões acertadas.

Não é semente conhecer o dinheiro de capital de giro ou o dinheiro do dia a dia, o empresário deve saber sobre o seu patrimônio. Promover a elaboração de um balanço patrimonial, calculando o líquido e prospectando as perdas, ajuda a conhecer a real saúde financeira da empresa. Somente deste modo é que as estratégias de crescimento podem ser elaboradas.

Crie metas possíveis e reais

Um planejamento financeiro somente tem sentido se o empresário realmente quiser o crescimento do seu negócio, a vida da empresa depende dele. Tendo todos estes números em mão, a gestão pode elaborar estratégias de expansão de mercado e captação de cada vez mais clientes. E para que as portas do futuro estejam abertas, metas devem ser elaboradas. Contudo, sempre com um pé na realidade e dentro das possibilidades que sua empresa apresenta.

Sua empresa tem um lugar para chegar e a mola propulsora que fará com que todas as forças estejam voltadas a ela são as metas. Estes objetivos aparecem como pontos norteadores das performances, da captação de recursos, da expansão do faturamento e da capacidade de investimentos no desenvolvimento de seus produtos e serviços.

Corte os gastos desnecessários

Muitas vezes o empresário é conhecido como um verdadeiro vilão portador de uma grande tesoura por promover cortes e mais cortes de gastos. Contudo, esta é uma atitude fundamental para o crescimento da empresa, o que não está dando certo deve ser descartado. Todo este processo deve ser feito com muito cuidado e visão porque o corte tem que abranger somente onde se está gastando desnecessariamente. Fugir dos juros, evitar desperdícios e estar atendo aos pagamentos são algumas ações.

Quais problemas um Sistema de Gestao Web resolve ?

By | POSSEIDOM

Gerir uma empresa é um trabalho complexo e repleto de responsabilidades, afinal, ela é o resultado de muito capital investido e impacta muitas pessoas. O equilíbrio passa a ser um fator fundamental para que os negócios mantenham uma linha constante e de crescimento. Conhecer muito bem cada processo, cada cliente e a sua capacidade de produção requer prática e experiência.

Toda tomada de decisão deve acontecer a partir do resultado de estudos e análises, a fim de que não seja um passo errado. Seja ele pequeno, médio ou grande, todo empreendimento gera um fluxo de informações a ser dado conta em compreensão e mensuração. A maneira mais eficiente de ler estes resultados, racionar estratégias de ação e pôr em prática, é através da adoção de sistema de gestão web.

As funções de organização de processos e de prospecções diversas são algumas das vantagens em contar com este software. Contudo, ele, principalmente, pode cuidar de resolver alguns problemas comuns à empresa. Estas questões podem atrapalhar não somente o dia a dia produtivo de uma empresa, mas impactar fortemente nos seus resultados e rendimentos. Contratar a assistência de empresas que desenvolvem processamentos de dados através de ERP, seguindo estes sistemas de gestão web, é a melhor opção para uma administração eficiente.

Reduz as chances de tomar decisões equivocadas

Muitas vezes, os gestores de uma empresa podem se perder nos dados colhidos durante as suas produções. Isso não acontece só por uma questão de desleixo ou erros profissionais, mas também por não se dar conta das demandas. Cada novo passo deve ser dado a partir dos resultados informados pelos indicadores. Saber onde estão acontecendo os prejuízos e onde estão as dificuldades de venda, influenciam na melhor decisão para sanar este problema. Assim, a conta volta a fechar no azul e estratégias para melhores vendas podem ser tomadas.

Faz com que os setores estejam integrados

Outro ponto importante, principalmente quando se trata de uma média ou grande empresa, é promover a integração entre os setores. Cada área tem a sua chefia e cada um destes profissionais pode ter a incumbência de alimentar os dados nesta única ferramenta. Quando não há integração, quando cada setor desenvolve o seu trabalho sem uma interligação, a empresa perde a capacidade administrativa. A falta de comunicação resulta em perda de vendas pela lentidão na realização das atividades.

Diminui os erros de falhas no estoque

A ausência de comunicação, sobretudo quando está relacionada ao estoque, pode fazer com que uma empresa quebre. A ruptura de estoque é um verdadeiro pesadelo para qualquer gestor, porque acaba sendo um trabalho jogado fora, produtos sem serventia e clientes frustrados. Tendo os dados sobre as quantidades de produtos no estoque lançados nestes programas, todos conseguem visualizar com fidelidade o funcionamento da empresa. Se houver necessidade de reposição ou de aumentar a produção, ela pode ser identificada e realizada imediatamente.

Acaba com os erros manuais

Por fim, deve-se dar atenção à demanda de trabalho manual. Este aspecto é importante em dois sentidos: altos índices de erros e custos para a empresa. Lidar com um grande fluxo de informações não é uma tarefa fácil. Se não houver muita atenção da parte do profissional, os erros de preenchimento, contagem, não observância aos contratos e diversos outros tipos de problemas podem ser recorrentes. E mais, manter um profissional é caro, de forma que a automatização através destes sistemas também pode significar economia.

 

 

Solicitar Orçamento

×