Tag

Arquivos Desempenho - DP Sistemas

Dicas para o planejamento financeiro da sua empresa

By | Controle Financeiro

Um bom gestor sabe profundamente como anda a situação financeira do seu negócio, uma vez que ela é a base de todas as movimentações da empresa. Todas as contratações, todas tomadas de decisão e qualquer tipo de investimento, devem estar submetidos ao planejamento financeiro. O sucesso somente é obtido quando existe uma situação saudável de capital, com o estabelecimento de metas possíveis e projeções de cenários positivos.

Para isso, conheça algumas dicas para manter o seu planejamento sempre ajustado.

Tenha os melhores profissionais consigo

Que tal começar pedindo ajuda? Por mais que o empresário tenha responsabilidade no desempenho financeiro da sua empresa, aquela área pode não ser a qual ele é expert. Por isso, contar com uma equipe de apoio pode ser um dos caminhos para ter uma administração econômica eficiente. Pessoas com formação na área e experiência que se engajam nas propostas e trabalhem motivadas pelo sucesso.

Outra possibilidade é contar com um consultor financeiro, que pode ser contrato para apresentar alguns serviços. Seus conhecimentos e estudos aprofundados e reconhecidos podem trazer inovações e as melhores resoluções para cuidar das contas, dos tributos e do caixa. Mesmo que eles representem um custo adicional a sua empresa, o resultado de seu trabalho pode gerar frutos ainda maiores.

Conheça a saúde financeira da sua empresa

Outra dica é ter um conhecimento real e agudo de toda a situação econômica de sua empresa. Conhecer cada conta, entrada e saída de dinheiro é essencial para a elaboração de um planejamento financeiro que seja relevante e eficiente. Todo detalhe conta e não devem ser passados com vistas grossas. Esta questão ainda engloba conhecer como os seus produtos e serviços se comportam no mercado, para que se possa tomar decisões acertadas.

Não é semente conhecer o dinheiro de capital de giro ou o dinheiro do dia a dia, o empresário deve saber sobre o seu patrimônio. Promover a elaboração de um balanço patrimonial, calculando o líquido e prospectando as perdas, ajuda a conhecer a real saúde financeira da empresa. Somente deste modo é que as estratégias de crescimento podem ser elaboradas.

Crie metas possíveis e reais

Um planejamento financeiro somente tem sentido se o empresário realmente quiser o crescimento do seu negócio, a vida da empresa depende dele. Tendo todos estes números em mão, a gestão pode elaborar estratégias de expansão de mercado e captação de cada vez mais clientes. E para que as portas do futuro estejam abertas, metas devem ser elaboradas. Contudo, sempre com um pé na realidade e dentro das possibilidades que sua empresa apresenta.

Sua empresa tem um lugar para chegar e a mola propulsora que fará com que todas as forças estejam voltadas a ela são as metas. Estes objetivos aparecem como pontos norteadores das performances, da captação de recursos, da expansão do faturamento e da capacidade de investimentos no desenvolvimento de seus produtos e serviços.

Corte os gastos desnecessários

Muitas vezes o empresário é conhecido como um verdadeiro vilão portador de uma grande tesoura por promover cortes e mais cortes de gastos. Contudo, esta é uma atitude fundamental para o crescimento da empresa, o que não está dando certo deve ser descartado. Todo este processo deve ser feito com muito cuidado e visão porque o corte tem que abranger somente onde se está gastando desnecessariamente. Fugir dos juros, evitar desperdícios e estar atendo aos pagamentos são algumas ações.

Gestão de estoque: 9 dicas para aprender como fazer

By | POSSEIDOM

Gestão de estoque é das tarefas mais básicas de uma empresa. Significa saber a quantidade exata de cada item na empresa (produto ou matéria-prima) e o valor monetário total da quantidade de cada um deles.
As consequências de não realizar um controle eficiente são, a curto prazo, a detecção de furos (a quantidade física de itens não é a mesma que está registrada no sistema ou fichas de estoque), tornando, aliás, impossível verificar se tudo foi vendido ou se houve desvio também; a longo prazo, fica-se sem saber qual o consumo de cada produto, e acaba-se gastando mais do que o necessário, além de maior risco de haver estoque parado, o que quer dizer dinheiro parado.

Por isso, algumas dicas para cumprir esta tarefa da melhor maneira possível:

1-Contratar um gestor de confiança e eficiente (organizado e experiente).

2-Quais os cuidados com fornecedores? Além de escolher os que oferecem produtos de melhor qualidade e preço, é preciso ter em mente também a agilidade de entrega.

3-Como estocar cada produto? O lugar de cada produto deve ser bem pensado, levando em conta as características de cada um (circulação de ar, temperatura, exposição ao Sol, poeira, etc.).

4-O que é ficha de estoque? Ela permite o controle de entradas e saídas de cada produto. Pode ser física ou estar num sistema informatizado. O melhor é que seja preenchida logo que a mercadoria chegue (basicamente com quantidade de itens, valor unitário do produto e valor total do lote), e que seja registrada nela cada saída assim que ela acontecer, não deixar para depois. Cada produto tem sua ficha.

5-O que é inventário rotativo? É um sistema que institui que a cada dia determinados produtos sejam contados, registrados e seu valor total calculado. É uma maneira de distribuir essa tarefa pesada para vários dias, e não deixar passar detalhes de apuração, incluindo datas de vencimento.

6-Outros métodos de controle de estoque: Há vários, como o PEPS (Primeiro a Entrar, Primeiro a Sair). Este controle se baseia no tempo de permanência dos produtos, sendo que os que estão há mais tempo têm prioridade para serem vendidos. Também dá para calcular o dinheiro ganho e o dinheiro ainda em potencial pelo preço do último lote: é a UEPS (Último a Entrar, Primeiro a Sair). Pesquise qual método é o mais adequado para a sua empresa.

7-Periodicidade de vendas: verificar quais produtos estão vendendo mais ou menos, levando em conta fatores como sazonalidade, por exemplo. Isso é importante para evitar estoque encalhado, e que possa até passar do prazo de validade, o que significa perda de dinheiro.

8-Programação de compras: para evitar ficar na mão quando mais precisa. Além disso, planejar com antecedência permite mais negociação (até com pagamentos a prazo, se for necessário), enquanto que deixar para comprar em cima da hora é garantia de preços mais salgados, muitas vezes desnecessariamente.

9-Quando fazer uma queima de estoque? Quando for necessário equilibrar as contas: você tem um produto encalhado em grande quantidade, e precisa reaver o dinheiro.

#dpsistemas #coder #coding #programmer #computer #computerscience #study #programming #developer #software #softwaredeveloper #google #softwareengineer #geek #tech #technology #entreprenuer #startups #startup #workspace #webdeveloper #webdesign #programmers #webdevelopment #tecnologia #erp #web #Processos #Empresas #Desempenho

 

5 beneficios em ter o Marketing digital dentro do sistema ERP

By | Marketing Digital, Nuvem, POSSEIDOM

O ERP é uma ferramenta que pode otimizar e revolucionar a gestão de sua empresa tornando todos os processos mais integrados, simples, menos custosos e mais eficientes para todas as áreas do seu negócio, em especial o gerenciamento financeiro e de vendas.

Entretanto, com o crescimento da importância do marketing dentro das empresas, além dos crescentes investimentos das companhias, como as estratégias de conquista e fidelização do público, a integração entre o marketing digital da empresa e o sistema ERP garantem resultados ainda mais positivos para a companhia.

Quer saber como? Então confira 5 benefícios de ter marketing digital dentro de seu ERP.

Informações completas de clientes e leads

Quando o seu ERP está ligado às ações de marketing, é possível utilizar as informações já captadas de leads e clientes para lançar campanhas eficientes de fidelização e captação de novos consumidores.

Por exemplo, se a sua empresa está para anunciar um desconto, as informações dos clientes presentes no ERP podem ser baixadas pelo marketing para o lançamento de um e-mail para cada consumidor, de forma personalizada, o que aumenta a taxa de leitura e de adesão por parte da clientela.

Gestão de investimentos em marketing

Marketing é indispensável para qualquer empresa, mas também possui seus custos. Usando a interação com o ERP, é possível ver quanto de seu orçamento está sendo utilizado para as estratégias de marketing, a fim de verificar a sua viabilidade e o retorno financeiro em vendas, possibilitando assim uma possível mudança de atitude se os resultados das campanhas não forem como o esperado.

Ligação entre marketing e vendas

Quando se lança uma campanha de marketing digital como, por exemplo, a assinatura de um feed ou a disponibilização de um conteúdo gratuito para seus clientes, eles deixam algumas de suas informações pessoais que poderão ser aproveitadas pelos seus vendedores a fim de encaminhar e fechar mais vendas.

É mais uma das formas de novos consumidores entrarem para o seu funil de vendas, sem que vendedores tenham de, ativamente, ir atrás de clientes por telefone ou outros meios.

Relatórios para a construção de estratégias

O seu sistema ERP poderá gerar relatórios financeiros, comerciais, de estoque e até mesmo do próprio marketing para dar um panorama de como os clientes reagem à marca, as campanhas publicitárias e aos diferentes momentos que a economia varia durante um ano.

Com estes relatórios, o time de marketing poderá discutir a nova estratégia para o próximo mês, bimestre ou quarter, se tornando mais assertivos, uma vez que tomarão decisões de acordo com informações reais e precisas.

Ferramentas de comunicação com o cliente

Além de campanhas como e-mail marketing, a ligação com o ERP facilita o contato com o cliente de forma geral! Isso permite uma ponte entre a sua empresa e o consumidor para, por exemplo, averiguar o grau de satisfação com os produtos e serviços oferecidos pelo seu negócio.

Permite ainda usar comunicações bastante simples, mas que têm resultados ótimos como o disparo de SMS, o que estreita a relação com o consumidor, tornando-o mais fiel, uma vez que constrói um sentimento de empatia em relação ao seu empreendimento.

Invista com consciência em um ERP que une marketing à gestão!

#dpsistemas #coder #coding #programmer #computer #computerscience #study #programming #developer #software #softwaredeveloper #google #softwareengineer #geek #tech #technology #entreprenuer #startups #startup #workspace #webdeveloper #webdesign #programmers #webdevelopment #tecnologia #erp #web #Processos #Empresas #Desempenho

Solicitar Orçamento

×