O que é e para que serve o sistema ERP?

ERP integra todos os setores da empresa e pode ser um mecanismo lucrativo. Veja como.

Entenda porque mais empresas vem utilizando o sistema ERP.

O Enterprise Resource Planning (do português Planejamento dos Recursos da Empresa), conhecido como ERP, é um sistema informático que busca integrar a gestão empresarial. Ele oferece inúmeros recursos, como controle de estoque, ordens e folhas de pagamentos para funcionários, balanço contábil, faturamentos, fluxo de caixa, entre inúmeros fatores. Geralmente apresentado como um software, é um dos principais programas utilizados pelas empresas em todo o mundo para gerenciar suas organizações.

Ele atua fazendo processos que as pessoas levariam horas para cumprir, contribuindo para inúmeros setores: contabilidade, administração, operações, vendas, comercial e até mesmo social media. Isto porque ele pode ser acessado por todos os colaboradores, inclusive de forma remota, possibilitando a integração de tudo que acontece na empresa. Em resumo, é aquele chefe que sabe de tudo, mas não dá ordens.

Geralmente é dividido em três ‘camadas’: a aplicação, onde há o preenchimento de dados de todas as informações a serem integradas pela empresa; o banco de dados, que extrai todas as informações colocadas na aplicação e transforma isto em, basicamente, uma central de pesquisa de informação; e o processamento, que ditará como será gerido o próprio programa, ou seja, adaptando-o a melhor maneira de interesse dos gestores.

O maior destaque fica por conta da flexibilidade dos processos. Por exemplo, você pode implementar o ERP nos setores de administração e vendas. Cada um terá uma plataforma de acordo com sua função. O vendedor poderá cadastrar os produtos vendidos através do seu sistema. Com o ERP, a administração tem acesso a esses dados, permitindo que os processos sejam muito mais dinâmicos.

Este sistema também contribui no controle de gastos e análise espacial das contas da empresa. Primeiro, ele aponta onde a organização está despendendo mais dinheiro; na sequência, aponta quais produtos estão gerando uma lucratividade percentual maior; por fim, eles são colocados lado a lado, podendo ser possível a análise de indicadores como a margem de contribuição de uma empresa.

Outro fator primordial é que o estoque fica muito mais dinâmico com o ERP. Ele permite um controle efetivo, não deixando que os produtos se percam ou passem do prazo de vendas, trazendo prejuízos para a empresa. Neste mesmo ponto, ele diminui a incidência de erros, pois o controle é feito automaticamente pelo programa.

Este software que une tecnologia, comodidade e praticidade é a nova forma das empresas encararem as gestões empresariais. Um grande número de pessoas para fazer a análise e controle dos números organizacionais já não é mais necessário com o ERP. Isto ajuda para que a empresa otimize seus ganhos, utilize melhor seu espaço físico e possa crescer de acordo com o que o sistema aponta. Simples, não?

Conheça o ERP Posseidom
Sabendo das vantagens do ERP, é o momento de procurar um software que se encaixe nas suas necessidades. Para isso, é importante contratar um serviço de quem entende do assunto. E a DP Sistemas, há mais de 30 anos no mercado, tem o sistema ideal para você: o ERP Posseidom.

Sua dinâmica oferece inúmeras funções: ordem de serviço, gestão de contratos e nota fiscal de serviço (NFS-e); compras, vendas e estoque; receitas, despesas, caixa, banco, contas a pagar e receber; livros fiscais; contabilidade; automação, força de vendas, crédito/fidelização/frota; entre outras. Conheça nosso produto e comprove: a eficácia de uma empresa passa pelo ERP.

Comentários

Comentários

Solicitar Orçamento

×